segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

As viagens de Gulliver

Pra começar eu gostaria de dizer que fui assistir a esse filme sem ver nenhum trailer, sem ler nenhuma crítica e nem nada, pra falar a verdade eu nem ia assistir esse filme, mais era o único que tinha uma sessão compatível com meu tempo, então teve que ser ele mesmo. E devo agradecer por não assistir em 3D porque senão minha frustração seria bem maior, pois pensem em um filme com um roteiro fraco, com uma historinha boba e “efeitos especiais” de segunda. Esse é o filme. No livro, Gulliver viaja aos mais absurdos lugares, tais como: Liliput, a terra dos pequeninos; conhece também Brobdingnag onde habitam os gigantes, visitou Laputa, calma não é isso que vocês tão pensando, Laputa é uma ilha voadora cujo povo só se interessa pela matemática e pela música. E visitou diversos outros lugares imaginários ainda mais interessantes como: a capital da ilha de Balnibarbi chamada de Lagado, a ilha de Glubbdubdrib (onde o Rei tem o poder de ressuscitar qualquer pessoa por 24horas) e a última viagem é para a terra dos Houyhnhnms (criaturas semelhantes a cavalos e não sabem mentir) e dos Yahoos (criaturas semelhantes a seres humanos). Já no filme, Gulliver (Jack Black) conhece apenas um lugar: LILLIPUT e é lá que se desenrola grande parte do filme. Agora o modo como ele chega lá é totalmente surreal, algo digno da extraordinária imaginação de Jonathan Swift, criador da obra. Porem tenho certeza que nem ele ia imaginar que nesse filme mostraria um Gulliver cheio de “cultura pop”, que ensina um amigo a cortejar uma dama com os versos do hit "Kiss", do Prince que deixa os pequeninos adimirados com seu iPhone e que usa All Star, entre outras coisas. Sem falar nas outras dezenas de citações e referências, a filmes, músicas e HQ que ele dá a sua versão de tudo, sendo sempre ele o herói das mentiras que ele conta. Um exemplo é quando ele diz que ele e Jack Bauer só tinham 24horas para salvar o mundo do terrível vilão Magneto, putz! Pelo menos a famosa cena quando Gulliver apaga um incêndio no palácio urinando nas chamas está no filme e só depois desse ato que os lilliputianos percebem que ele não é uma "Fera" e passam a vê-lo como héroi. É um dos raros momentos engraçados nesse filme medíocre.Agora eu me pergunto, porque que com um enredo tão bom como do livro original, deixam fazer uma baboseira dessas em cima de uma das obras literárias mais conhecidas no mundo? este é o risco de adaptar clássicos, pois, pode desagradar (e muito) os fãs do escritor, afinal, o filme narra apenas a primeira viagem de Gulliver, que ocupa só 70 das mais de 400 páginas do livro. Será que o restante vem na parte 2? Se vier tô fora, pra mim basta esse.
Grande abraço e até a próxima. Câmbio e desligo :)
Obs: Convido vocês a conferirem a entrevista que a blogueira Emiliana Vaz fez comigo no blog dela, para isso basta acessar o link: http://historiasdeemilia.blogspot.com/2011/01/ping-pong-com-erico-pena-hosannah.html#comments E não esqueçam de votar na enquete aí ao lado também, o resultado você verá aqui no blog dentro de poucos dias!!!

7 comentários:

  1. Acho que eles se baseram só no desenho viagens de Guliver onde ele só ficava em Liliput mesmo, mas vou falar uma coisa, esse Jack Black é terrivel, não tem um filme dele que eu goste!!!

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha é muito boa, com "olho" de espectador, gostei muito. E deixa claro que o filme nada mais é do que uma bobagenzinha de verão para o público adolescente.

    ResponderExcluir
  3. Quero assistir esse filme ainda.
    Mas nessa parte concordo plenamente: se for para readaptar aos dias de hoje, façam com qualidade.
    Se pegarem Dom Quixote e readpatarem, exemplo, tem que ficar igual ou "melhor" ao livro - senão ele se vingará, sim...

    isso aí
    abç
    Pobresponja

    ResponderExcluir
  4. Realmente, as críticas não são muito favoráveis.

    Cá entre nós, tenho uma implicanciazinha com esse Jack Black... Dos filmes dele só gostei de "O Amor É Cego" e "O Amor Não tira Férias". O sujeito tem cara de bobo.

    Não assisti Gulliver ainda, mas assim que assistir dou meu pitaquinho aqui!

    ResponderExcluir

Olá gente fina! Deixe o seu comentário!
Mas, primeiro, LEIA A POSTAGEM!.
Fique à vontade!!! Se você leu, comente. Não custa nada.